Canal de Negócios para pequenas empresas: Como ser a primeira opção

O Canal de Negócios é o espaço criado pela Petrobras para aqueles que já são ou desejam se tornar fornecedores da empresa. Se você é ou quer ser cliente direto da empresa, o primeiro passo é se inscrever lá.

Para sua empresa se tornar fornecedora é fundamental que ela seja bem estruturada e posicionada no mercado. Assim, poderá realizar transações eletrônicas ou participar dos leilões de fornecimento de materiais e serviços.

Independente do ecossistema empresarial, pequenas, médias e grandes empresas se relacionam. A troca de serviços entre si define a cadeia econômica que movimenta a economia. Muitas multinacionais criaram um canal de negócios para facilitar o processo. A interface é ideal para que os CNPJs possam apresentar suas propostas e soluções.

Canal de Negócios BR no mercado brasileiro

O canal de negócios BR é um dos mais visados no mercado brasileiro. É por ele que a Petrobras abre suas portas às empresas aspirantes a novas fornecedoras.

No atual cenário, é preciso mais que apenas bons serviços. Ter um site que trabalhe para a sua empresa é essencial. Ter um portfólio de serviços atraente e bem documentado, um catálogo atualizado, auxiliam na primeira escolha básica, antes da peneira licitatória. Já as informações dos profissionais e história da empresa são uma bela diretriz que precisam constar no site de quem deseja ter uma proposta aprovada.

Mais do que estar de acordo com as conformidades exigidas pelo seu parceiro comercial, é preciso estar sintonizado com o mercado. A seguir, algumas dicas valiosas para que sua empresa fique bem ranqueada na hora da escolha daqueles que tem o melhor nível de serviços.

Redes Sociais e Sites auxiliam a vida das pequenas e médias empresas no Canal de Negócios

Dicas para consolidar a comunicação da sua empresa com parceiros comerciais

1. Mesmo que você seja uma empresas iniciante, ainda sem equipe, tenha à mão uma lista de profissionais que podem ser requisitados caso sua empresa feche um negócio;

2. Mesmo num ambiente onde há processos licitatórios, no final, todos lidamos com pessoas. E ter informações úteis em seu site assegura o cliente sobre sua experiência no mercado;

3. Procure descrever sua forma de trabalhar. Processos, metodologia e equipe são básicos. Com um site no ar, os contratantes poderão conhecê-lo antes mesmo de contratar seu produto;

4. Pequenas empresas tendem a se arriscar mais em busca de um mercado maior. Invista num blog ou canal do youtube para comprovar sua intimidade com o assunto do trabalho.

Em sua, crie um site, tenha um blog e posicione-se assunto. Mostre aos contratantes sua relevância e potencial de crescimento no segmento. No futuro, sua empresa terá tudo para ser a número 1.