• Início
  • Blog
  • Email
  • Boas práticas de email marketing: implementando a automação

Boas práticas de email marketing: implementando a automação

Suas ações de email marketing podem funcionar melhor com a aplicação de boas práticas. Afinal, enviar emails não é uma ciência exata. Muitas das ações são analisadas e feitas de acordo com a resposta da sua lista.

Porém, há uma série de coisas que funcionam. E se é para ajudar, porque não fazer? Vamos a elas.

Personalização no email marketing: peça o nome

Personalização gera uma sensação de familiaridade com aquele que está recebendo o email.

Uma das melhores formas de fazer isso é pedindo o nome do usuário no momento da inscrição.

Pedir o nome pode fazer com que alguns usuários pensem um pouco antes de dar suas informações (email + nome). A longo prazo, gera conexão.

Segmentação

Segmentar é uma regrinha chave para qualquer mensagem que você envia. Até mesmo quando você vai conversar com as pessoas você segmenta os assuntos na mente.

Fazer segmentações por interesse é uma ótima prática. Se dividir as pessoas por assunto ou geolocalização, por exemplo, não fizer muito sentido para você, preocupe-se com outro tipo de segmentação: aberturas e cliques.

Aliás, quando o assunto são newsletters, essa dupla é fundamental.

Busque segmentar os que não abrem, fazendo emails específicos para aquecer esta parte da lista.

Para os que abrem constantemente, incentive-os a clicar e os leve ao seu produto.

Já os que clicam, forneça conteúdos ainda mais interessantes para que eles se tornem clientes fiéis.

Emissor verdadeiro

Crie um endereço de email que pareça genuíno, mostrando-se ainda mais verdadeiro. A melhor opção para isso é ter endereços com o domínio da marca. O Mailchimp, por exemplo, está pedindo mais domínios registrados nos emails, ao invés dos clássicos nomesdeemail@gmail.com.

Isso gera confiabilidade. Pense em você: abriria e clicaria num email sem “referências”?

Outra dica valiosa é criar nomes que geram confiança. Exemplos como “info@dominio.com” e “contato@dominio.com” são exemplos de boas práticas.

Newsletter Seletiva

Bons números geram orgulho. Porém, você precisa estar certo de que os números que precisam impressionar não são apenas os de abertura, mas os de venda.

Logo, foque suas campanhas e seu conteúdo para que as pessoas certas entrem na sua lista.

Imagine sua lista como uma loja de rua. Pense na quantidade de pessoas que entram nas lojas e não compram nada… por mais que a automação poupe esforços, é melhor focar para a “máquina de vendas” trabalhe de forma eficiente.

Lembre-se que os email são cartas virtuais. Seu conteúdo importa! Você está lidando com pessoas e elas estão de olho em você.

Curtiu as informações? Então, assine a VENDA Consultoria e aproveite nosso conteúdo gratuito.